Avançando pela fé rumo as promessas


Josué 3:1; 4:24 – Josué e todo o povo de Israel se levantaram de madrugada, saíram do acampamento do vale das Acácias e foram até o rio Jordão. Antes de atravessarem o rio, eles acamparam ali. 4:24 – Por causa disso todos os povos da terra vão conhecer o poder do Senhor, o Deus de vocês, e vocês o respeitarão para sempre.

O livro de Josué é um livro sobre fé e liderança. As histórias registradas neste livro é a continuação da jornada do povo israelita em direção à Terra Prometida, sob o comando de Josué. As histórias de Josué trazem grandes ensinamentos para a igreja atual, principalmente em relação ao que Deus pode fazer em favor daqueles que creditam sua fé Nele.

A vida cristã é uma batalha constante; quando você vence uma batalha, logo surge outra, não há tempo para descanso. Se você parar os problemas te atropelam, se avançar eles desaparecem. Deus nos chamou para avançar pela fé. Jesus disse: Eu venci o mundo. Portanto, se estamos com Jesus, também venceremos.

Assista o vídeo desta mensagem em nosso canal. Aproveite para curtir, compartilhar e se inscrever no Canal. Ajude-nos a levar o evangelho para mais pessoas.

Deus continua sendo o mesmo, ele não mudou. As pessoas mudam, os crentes podem mudar: muitos professam uma fé somente de palavras, jamais deram um passo de fé por medo ou descrença. Deus cumpriu tudo o que prometeu aos israelitas, Josué 21:45. Quando Josué estava prestes a morrer, reuniu o povo e disse, Josué 23:14. Infelizmente muitos israelitas não desfrutaram da promessa e pereceram no deserto, não porque Deus descumpriu sua promessa, Hebreus 3:19.

UMA PALAVRA DE FÉ, QUANDO ACEITA, PODE MUDAR SUA VIDA PARA SEMPRE – Josué 3:1-13.

O povo estava à beira do rio Jordão aguardando uma palavra de Josué. Josué era um líder que aprendeu com Moisés como servir ao Senhor. Ele sempre ouvia a voz de Deus lhe direcionando sobre o que fazer e Josué respondia a ordem de Deus com a sua fé.

I) A palavra dos líderes para o povo. Verso 2-4. Não era para o povo seguir qualquer sacerdote, mas aqueles que estivessem transportando a arca. O povo tinha que estar preparado porque a qualquer momento Deus iria promover um grande milagre entre eles. O caminho que iriam seguir era novo. A direção pelo novo caminho era a arca, que representava a aliança que Deus fez com o seu povo; era a presença de Deus no meio do povo.

II – A primeira palavra de Josué para o povo era de comando e promessa. Verso 5. O cumprimento da promessa dependia da obediência ao comando. Quando você age, segundo a vontade de Deus, pela fé, o seu coração é aprovado e se mostra preparado para receber a benção.

III – A palavra de Josué aos sacerdotes. Verso 6. A dupla missão dos sacerdotes incluía em primeiro lugar levar arca da aliança enquanto marchavam. O povo iria seguir a arca e os sacerdotes que a estivesse transportando. Em segundo lugar, os sacerdotes deveriam ser o exemplo de motivação para o povo, indo na frente.  Os sacerdotes não podiam vacilar, demonstrar fraqueza diante do povo, eles tinham que confiar nas palavras do homem de Deus e simplesmente marchar.

IV – A palavra de Deus para Josué. Versos 7,8. Quando Moisés teve que atravessar o Mar Vermelho com o povo, isso lhe trouxe reconhecimento e o povo o reconheceu como homem de Deus (Êxodo 14:31). Deus fez o mesmo com Josué para lembrar o povo que do mesmo modo que Ele foi com Moisés, também seria com Josué. Josué 4:14. Moisés e Josué não apenas receberam autoridade da parte de Deus, eles demonstraram através de suas vidas que o Senhor era com eles.

V – Pela segunda vez Josué fala ao povo, depois de ouvir a voz de Deus. Versos 9-13. Primeiro Josué falou aos sacerdotes; agora, ele fala ao povo não as suas palavras, mas as palavras de Deus. Ele creditou a Deus o Senhor a promessa de vitória – Venham cá e prestem atenção naquilo que o Senhor, nosso Deus, vai dizer.  A ênfase da mensagem de Josué foi lembrar o povo das promessas de Deus; era chegado o momento de conquistá-las e tomar posse do que Deus prometeu.

UMA JORNADA DE FÉ É SEMPRE TRIUNFANTE (Josué 3:14-17).

Quando os sacerdotes colocaram os pés no rio, as águas pararam de correr e se detiveram cerca de 30 km acima, perto da cidade Adã. O milagre depende de um passo de fé, sem avanço não há progresso. Josué 1:3. Os pés obedientes dos sacerdotes e do povo provocou o milagre. Se eles não tivessem obedecido a voz do líder Josué, não haveria milagres. Não adianta o pastor dizer que Deus faz isso ou aquilo se o povo não acreditar e avançar.

Do mesmo modo que o povo deveria manter seus olhos na arca, para não perderem a direção. Em tempos de aflições, lutas ou necessidades, devemos avançar com os olhos fixos em Jesus, Hebreus 12:2a – Conservemos os nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio dele que a nossa fé começa, e é ele quem a aperfeiçoa.

A ordem de Josué para o povo incluía: a santificação, isto é preparação, separação e consagração. O povo tinha que estar pronto para avançar, o que significa desapegar-se de coisas que pudessem atrapalhar a jornada, levar apenas o necessário. O crente vive nessa vida sempre se preparando para o momento em que irá avançar.

Outro ponto importante é que Deus abriu o rio, mas o povo teve que atravessá-lo. Os sacerdotes foram na frente, deram testemunho ao povo que o milagre estava acontecendo, mas o povo teve que acreditar e avançar, caso contrário eles teriam permanecido diante do rio e não teriam desfrutado da terra prometida. Diante do rio, o povo teve que decidir: ouvir o que Deus estava dizendo através de Josué e avançar ou ficar parados e quem sabe morrerem nas mãos dos inimigos.

A IMPORTÂNCIA DO MEMORIAL COMO TESTEMUNHO DA FÉ MILAGROSA – JOSUÉ 4:1-24

Primeiro Josué escolheu 12 homens, um representante de cada tribo, para carregarem 12 pedras do meio do rio Jordão e edificarem um memorial para que o povo não esquecesse aquele dia.

Os doze homens que tiraram as pedras do rio, tiveram que caminhar por aproximadamente 13km até Gilgal onde foram empilhadas. Os israelitas davam muita importância aos memoriais, uma forma de ensinar futuras gerações sobre o poder de Deus agindo em favor do seu povo. Josué 4:21-23. Para os incrédulos aquilo não passava de um amontoado de pedras, mas para o israelita que cria em Deus, aquelas pedras eram uma lembrança constante do que Deus operou em favor do seu povo. Devemos dar sempre valor as benções que recebemos e jamais esquecê-las. Josué 4:24.

Em segundo lugar, Josué colocou 12 pedras no meio do rio Jordao. Essas pedras foram testemunhas por gerações do que Deus pode fazer em favor do seu povo, quando eles avançam pela fé. Talvez para alguns israelitas pode ter parecido estranho ver Josué colocando 12 pedras no meio do rio (4:9), uma vez que as águas iriam subir e as pedras ficarem sob as águas, ninguém iria vê-las.  Josué 4:9. O monumento em Gilgal era um memorial visível para que o povo não esquecesse do que Deus fez, mas qual a importância e significado do monumento no rio? Ele lembrava o povo que a velha vida que viveram no deserto foi sepultada sob as águas.

  • Do mesmo modo, os crentes não devem viver do passado, uma vez que ele foi sepultado nas águas com Cristo, Romanos 6:1-4.

Quando qualquer israelita olhasse para o rio não veria o seu passado porque ele foi sepultado. Quem olha para Jesus, que é a nossa arca, não se prende ao passado.  Filipenses 3:13 – É claro, irmãos, que eu não penso que já consegui isso. Porém uma coisa eu faço: esqueço aquilo que fica para trás e avanço para o que está na minha frente. 

VAMOS SEGUIR EM FRENTE: AVANÇANDO PELA FÉ.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: