O que o sacrifício de Jesus produz


Hoje celebramos a Ceia do Senhor e nela lembramos que em sua morte, Jesus pagou o preço pelos nossos pecados. Colossenses 2:13b – Mas agora Deus os ressuscitou junto com Cristo. Deus perdoou todos os nossos pecados.

  • A humanidade se encontrava afastada de Deus por causa do pecado. Romanos 3:23 – Todos pecaram e estão afastados da presença gloriosa de Deus.
  • Nenhuma riqueza no mundo pode comprar a salvação do pecador. Porém, Jesus pagou um preço superior a toda e qualquer riqueza deste mundo, a fim de que pudéssemos escolher, decidir entre o caminho da união com Deus e o caminho da separação. I Pedro 1:18,19.
  • Jesus nos libertou pagando o preço com o seu precioso sangue. Ele venceu o poder do pecado e da morte, não se contaminou, viveu entre os homens e manteve-se puro aos olhos de Deus, João 1:29.
  • Jesus Cristo morreu por nossos pecados, I Coríntios 15:3b – Cristo morreu pelos nossos pecados, como está escrito nas Escrituras Sagradas;

Assista a mensagem deste sermão em nosso Canal. Aproveite para curtir, comentar, compartilhar e se inscrever no Canal.

O salário do pecado é a morte espiritual, ou seja, o distanciamento de Deus. Porém, Jesus nos devolveu a vida espiritual, a nossa comunhão com Deus, Romanos 6:23.

Em sua morte, Jesus despojou os principados e potestades que imperavam sobre a humanidade – Colossenses 2:15 – E foi na cruz que Cristo se livrou do poder dos governos e das autoridades espirituais. Ele humilhou esses poderes publicamente, levando-os prisioneiros no seu desfile de vitória.

Foi na cruz que Jesus anulou a punição que merecíamos. Colossenses 2:14a – e anulou a conta da nossa dívida…

A única maneira para se livrar da vida inútil em que vivíamos e das suas consequências era oferecendo um sacrifício digno, o que era humanamente impossível visto que todos pecaram. Era preciso encontrar um substituto. Os sacrifícios do Antigo Testamento eram insuficientes, de pouca duração e sem efeito na eternidade e em outros povos. Todo o sistema mudou quando surgiu o cordeiro de Deus, Jesus Cristo.

  • Jesus pagou de uma vez por todas pelo pecado de todas as pessoas e para receberem a quitação da sua conta diante de Deus é preciso creem em Jesus, aceitar a sua palavra e ser obediente a ela. O seu sacrifício nos redime, traz liberdade e nova vida.
  • Hebreus 13:20,21 – Deus ressuscitou o nosso Senhor Jesus, que, por causa da sua morte na cruz, é o Grande Pastor do rebanho. E é por meio do sangue de Jesus que a aliança eterna é selada. Que o Deus de paz lhes dê tudo de bom que vocês precisam para fazer a sua vontade. E que ele, por meio de Jesus Cristo, faça em nós tudo o que lhe agrada. E a Cristo seja dada a glória para todo o sempre! Amém!

Três pontos que devemos considerar neste texto, que apontam para a obra redentora de Jesus em favor da sua igreja:

  • Seu nome – por meio de Jesus Cristo, faça em nós tudo o que lhe agrada. Jesus é o nome daquele que salva os que estão escravizados sob o domínio do pecado (Hebreus 2:9-11). Não há outro nome acima do nome de Jesus que tenha o mesmo poder (Atos 4:12).
  • Seu sangue – por meio do sangue de Jesus que a aliança eterna é selada. De acordo com o simbolismo na Antiga Lei, sem derramamento de sangue não haveria remissão (Hebreus 9:18-22). Por essa razão que Cristo teve que derramar seu sangue para ratificar o novo pacto (Mateus 26:28). Jesus Cristo fez um pacto eterno. Através de um único ato de sacrifício, ele nos deu a salvação eterna (Hebreus 10:14).
  • A ressurreição de Jesus nos assegurou a esperança da vida eterna. A esperança do crente é viver com Jesus nesta vida e na eternidade estar para sempre diante Dele (João 11:25). A ressurreição de Cristo Jesus é a maior afirmação da aprovação de Deus sobre a obra salvadora de Jesus (I Coríntios 15:14). Quando o Pai ressuscitou Jesus dos mortos, Ele estava afirmando que o sacrifício perfeito de Jesus foi aceito e que a humanidade agora pode se reconciliar com Ele por intermédio de Jesus.

É por isso que quando celebramos a Santa Ceia do Senhor, nos reunimos em nome de Jesus e trazemos a nossa memória o grande amor de Deus e a obra sacrificial de seu filho Jesus em nosso favor. E quando tomamos o pão e bebemos do cálice, nós anunciamos a sua morte e ressurreição e declaramos que pela graça somos salvos e que esperamos por Jesus até que ele volte.

Contribua com este ministério

R$ 100,00

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: