Jesus, o nosso melhor exemplo


João 13:15-17 – Pois eu dei o exemplo para que vocês façam o que eu fiz. 16 Eu afirmo a vocês que isto é verdade: o empregado não é mais importante do que o patrão, e o mensageiro não é mais importante do que aquele que o enviou. 17 Já que vocês conhecem esta verdade, serão felizes se a praticarem.

Quais são as vantagens de ter Jesus como modelo a seguir na construção de nossa vida cristã? Jesus é o maior e melhor modelo de alguém para ser seguido. Seja na condição religiosa, em sua relação com Deus ou simplesmente como filosofia de vida.

O que significa ser modelo? Algo que serve de padrão a ser imitado, reproduzido ou copiado; uma pessoa que merece ser imitada por suas boas qualidades.

Por que Jesus é o nosso modelo a seguir?

Paulo em sua carta aos crentes em Éfeso orienta os cristãos, como filhos amados de Deus, a imitar as qualidades de nosso pai celestial e de Jesus Cristo.

  • Efésios 5:1-5 – Vocês são filhos queridos de Deus e por isso devem ser como ele. 2 Que a vida de vocês seja dominada pelo amor, assim como Cristo nos amou e deu a sua vida por nós, como uma oferta de perfume agradável e como um sacrifício que agrada a Deus! 3 Vocês fazem parte do povo de Deus; portanto, qualquer tipo de imoralidade sexual, indecência ou cobiça não pode ser nem mesmo assunto de conversa entre vocês. 4 Não usem palavras indecentes, nem digam coisas tolas ou sujas, pois isso não convém a vocês. Pelo contrário, digam palavras de gratidão a Deus. 5 Fiquem certos disto: jamais receberá uma parte no Reino de Cristo e de Deus qualquer pessoa que seja imoral, indecente ou cobiçosa (pois a cobiça é um tipo de idolatria).

Aos crentes em Tessalônica, Paulo orienta que sigam os exemplos de Jesus Cristo e dos Apóstolos. Do mesmo modo que, o bom testemunho dos cristãos em Tessalônica seria um modelo para crentes de outras províncias.

  • I Tessalonicenses 1:6-8a – E vocês seguiram o nosso exemplo e o exemplo do Senhor Jesus. Embora tenham sofrido muito, vocês receberam a mensagem com aquela alegria que vem do Espírito Santo. 7 Desse modo vocês se tornaram um exemplo para todos os cristãos das províncias da Macedônia e da Acaia. 8 Pois a mensagem a respeito do Senhor partiu de vocês e se espalhou pela Macedônia e pela Acaia, e as notícias sobre a fé que vocês têm em Deus chegaram a todos os lugares.

Portanto, Jesus é nosso maior e melhor modelo para ser seguido por todo crente que aceita o evangelho. Vejamos alguns exemplos de Jesus que devemos praticar:

Assista a mensagem deste sermão em nosso Canal. Aproveite para comentar, curtir, compartilhar e se inscrever.

I – Jesus conservou-se puro diante de Deus. Ele não pecou mesmo vivendo como humano. II Coríntios 5:21 – Em Cristo não havia pecado. Mas Deus colocou sobre Cristo a culpa dos nossos pecados para que nós, em união com ele, vivamos de acordo com a vontade de Deus.

  • Como viver longe do pecado? Essa é uma questão difícil de ser respondida por alguns, pois humanamente não temos poder para resistir todo pecado e podemos falhar nas áreas mais vulneráveis de nossas vidas. Mas, se estivermos unidos com Jesus, através do seu exemplo de vida, aprendemos como lutar e resistir o pecado.
  • I João 3:5,6 – Vocês já sabem que Cristo veio para tirar os pecados e que ele não tem nenhum pecado. 6 Assim, quem vive unido com Cristo não continua pecando. Porém quem continua pecando nunca o viu e nunca o conheceu.
  • Jesus nos ensinou como resistir e vencer o pecado, I Pedro 2:21b-23 – O próprio Cristo sofreu por vocês e deixou o exemplo, para que sigam os seus passos. 22 Ele não cometeu nenhum pecado, e nunca disse uma só mentira. 23 Quando foi insultado, não respondeu com insultos. Quando sofreu, não ameaçou, mas pôs a sua esperança em Deus, o justo Juiz.
  • Resistir ao pecado não significa que você não tenha intenção, mas que, mesmo quando há intenção você é capaz de neutralizar toda forma de pecado e colocar a sua esperança em Deus, que julga a todos com justiça e sabe o quanto você é se esforçou para não ceder ao pecado – Tentando não cedas, ceder é pecar; melhor e mais nobre será triunfar (HC 75).

II – Jesus foi exemplo de pessoa acessível, amorosa e agradável. Ele não se incomoda quando as pessoas iam até ele para contar seus problemas e levantar questões difíceis. Quando a mulher que tinha um fluxo de sangue há 12 anos tocou em Jesus, ele não a repreendeu ou se ofendeu, mas demonstrou respeito e amor por ela com as seguintes palavras (Marcos 5:24-34) – Minha filha, você sarou porque teve fé. Vá em paz; você está livre do seu sofrimento.

  • Quando os discípulos retornaram de uma missão queriam relatar para Jesus suas experiências na evangelização e no local onde estavam havia muitas pessoas, então Jesus procura um lugar mais reservado para ouvi-los e descansarem. Esse ato mostra que os discípulos se sentiam a vontade para falar com Jesus, como um amigo. Marcos 6:30-32 – Os apóstolos voltaram e contaram a Jesus tudo o que tinham feito e ensinado. 31 Havia ali tanta gente, chegando e saindo, que Jesus e os apóstolos não tinham tempo nem para comer. Então ele lhes disse: — Venham! Vamos sozinhos para um lugar deserto a fim de descansarmos um pouco. 32 Então foram sozinhos de barco para um lugar deserto.

III – Jesus, exemplo sobre ter compaixão e empatia. Sem dúvida, uma de suas maiores virtudes era saber se colocar no lugar dos outros para entender como eles se sentiam e poder ajudá-los. Assim, quando Jesus viu Maria chorando pela morte de seu irmão Lázaro, ele também chorou se rendeu às lágrimas. Jesus sentia grande afeição por aquela família e não se envergonhava de demonstrar isso. E que compaixão ele mostrou ao trazer seu amigo de volta à vida! (João 11:33-44) – verso 5, 36, 36 – Jesus amava muito Marta, e a sua irmã, e também Lázaro. 35 Jesus chorou. 36 Então as pessoas disseram: — Vejam como ele amava Lázaro!

IV – Jesus, um exemplo de compreensão. Certa ocasião, quando Jesus foi convidado à casa de Simão (Lucas 7:37-50), o fariseu, uma mulher conhecida na cidade por sua má fama quis mostrar sua fé e apreço banhando os pés de Jesus com lágrimas e perfume. Jesus não a impediu, para surpresa de seu anfitrião, que a julgou duramente e demonstrou dúvidas quanto ao ministério de Jesus. Jesus percebeu a sinceridade daquela mulher e, em vez de condená-la por seus pecados, disse-lhe: “Os seus pecados estão perdoados… A sua fé salvou você. Vá em paz”.

V – Jesus, um modelo de imparcialidade e respeito por todos. Os Evangelhos indicam que Jesus tinha uma afeição especial por seu discípulo João, talvez porque tivessem personalidades semelhantes ou porque fossem parentes. No entanto, ele nunca o favoreceu acima dos outros. No jantar da última ceia, João estava ao lado de Jesus, como sempre, e nem por isso Jesus disse que ele jamais o trairia. João 13:21-23 – Depois de dizer isso, Jesus ficou muito aflito e declarou abertamente aos discípulos: — Eu afirmo a vocês que isto é verdade: um de vocês vai me trair. 22 Então eles olharam uns para os outros, sem saber de quem ele estava falando. 23 Ao lado de Jesus estava sentado um deles, a quem Jesus amava.

  • Quando João e seu irmão Tiago lhe pediram posições de destaque no Reino de Deus, Jesus não disse palavras de favorecimento: – De fato, vocês beberão o cálice que eu vou beber e receberão o batismo com que vou ser batizado. 40 Mas eu não tenho o direito de escolher quem vai sentar à minha direita e à minha esquerda. Pois foi Deus quem preparou esses lugares e ele os dará a quem quiser. (Marcos 10:35-40).
  • Jesus escolheu Pedro para ser o líder dos discípulos, mesmo tendo João, o mais chegado, ao lado. João 21:20-22 – Então Pedro virou para trás e viu que o discípulo que Jesus amava vinha atrás dele. Este era o mesmo que estava ao lado de Jesus durante o jantar da Páscoa e que havia chegado para mais perto dele e perguntado: “Senhor, quem é o traidor?” 21 Quando Pedro viu aquele discípulo, perguntou a Jesus: — O que diz, Senhor, a respeito deste aqui? 22 Jesus respondeu: — Se eu quiser que ele viva até que eu volte, o que é que você tem com isso? Venha comigo!

VI – Jesus um exemplo de bom amigo. Jesus era o melhor dos amigos. Por quê? Ele nunca se afastou de seus amigos porque eles cometeram erros, mesmo quando os repetiram várias vezes. É verdade que nem sempre agiram como Jesus gostaria. Ainda assim, ele mostrou a eles sua amizade concentrando-se em suas boas qualidades, em vez de atribuir motivos ruins. Marcos 9:33-35 – Jesus e os discípulos chegaram à cidade de Cafarnaum. Quando já estavam em casa, Jesus perguntou aos doze discípulos: — O que é que vocês estavam discutindo no caminho? 34 Mas eles ficaram calados porque no caminho tinham discutido sobre qual deles era o mais importante. 35 Jesus sentou-se, chamou os doze e lhes disse: — Se alguém quer ser o primeiro, deve ficar em último lugar e servir a todos. 

  • Em outra ocasião, novamente, eles estavam discutindo sobre quem era o mais importante e Jesus pacientemente os ensinou sobre liderança. Lucas 22:24-27 – Os apóstolos tiveram uma forte discussão sobre qual deles deveria ser considerado o mais importante. 25 Então Jesus disse: — Os reis deste mundo têm poder sobre o povo, e os governadores são chamados de “Amigos do Povo”. 26 Mas entre vocês não pode ser assim. Pelo contrário, o mais importante deve ser como o menos importante; e o que manda deve ser como o que é mandado. 27 Quem é o mais importante? É o que está sentado à mesa para comer ou é o que está servindo? Claro que é o que está sentado à mesa. Mas entre vocês eu sou como aquele que serve.
  • Jesus não impunha suas opiniões sobre os discípulos. Ele os encorajava a expressarem suas opiniões a seu respeito. Mateus 16:13-15- Jesus foi para a região que fica perto da cidade de Cesareia de Filipe. Ali perguntou aos discípulos: — Quem o povo diz que o Filho do Homem é? 14 Eles responderam: — Alguns dizem que o senhor é João Batista; outros, que é Elias; e outros, que é Jeremias ou algum outro profeta. 15 — E vocês? Quem vocês dizem que eu sou? — perguntou Jesus. 16 Simão Pedro respondeu: — O senhor é o Messias, o Filho do Deus vivo.

VII – Jesus um exemplo de coragem e determinação. Jesus não era o personagem fraco e sem vontade que muitos artistas pintam; pelo contrário, Jesus era enérgico e forte. Ele expulsou os mercadores do templo com seus artigos. Marcos 11:15-17 – Quando Jesus e os discípulos chegaram a Jerusalém, ele entrou no pátio do Templo e começou a expulsar todos os que compravam e vendiam naquele lugar. Derrubou as mesas dos que trocavam dinheiro e as cadeiras dos que vendiam pombas. 16 E não deixava ninguém atravessar o pátio do Templo carregando coisas. 17 E ele ensinava a todos assim: — Nas Escrituras Sagradas está escrito que Deus disse o seguinte: “A minha casa será chamada de ‘Casa de Oração’ para todos os povos.” Mas vocês a transformaram num esconderijo de ladrões!

  • Quando uma multidão agitada o procurou para prender, ele não teve medo de se revelar e de proteger seus discípulos. João 18:4-9 – Jesus sabia de tudo o que lhe ia acontecer. Por isso caminhou na direção deles e perguntou: — Quem é que vocês estão procurando? 5 — Jesus de Nazaré! — responderam. — Sou eu! — disse Jesus… 7 Jesus perguntou outra vez: — Quem é que vocês estão procurando? — Jesus de Nazaré! — tornaram a responder. 8 Jesus disse: — Já afirmei que sou eu. Se é a mim que vocês procuram, então deixem que estes outros vão embora!
  • Não é de surpreender que o próprio Pôncio Pilatos, vendo a força de Jesus apesar dos maus-tratos, disse com admiração: Aí Pilatos saiu outra vez e disse para a multidão: — Escutem! Vou trazer o homem aqui para que vocês saibam que não encontro nenhum motivo para condená-lo! 5 Então Jesus saiu com a coroa de espinhos na cabeça e vestido com a capa vermelha. — Vejam! Aqui está o homem! — disse Pilatos.

Vimos que Jesus é nosso modelo e devemos imitá-lo, ficar longe do pecado, falar sempre a verdade e não cair em provocações. Na verdade, todos nós imitamos algo ou alguém, mas o que vai fazer a diferença e o que vai marcar o destino de nossas vidas é quem imitamos. Portanto, não devemos nos enganar, porque não há e não haverá melhor exemplo que Jesus.

  • I Pedro 2:21 – pois foi para isso que ele os chamou. O próprio Cristo sofreu por vocês e deixou o exemplo, para que sigam os seus passos.
  • I João 2:6 – Quem diz que vive unido com Deus deve viver como Jesus Cristo viveu.

Contribua para este ministério

Ajude-nos levar o evangelho para mais pessoas

R$ 100,00

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: